segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

FLORESTA DE CARVALHOS: habitat de muitos seres vivos

PORTUGAL É UM PAÍS PEQUENO. MAS COM GRANDE BIODIVERSIDADE!
A floresta de carvalhos é um ambiente terrestre onde vive uma grande diversidade de seres vivos. Lá encontramos carvalhos, castanheiros, sobreiros, cerejeira-brava, azevinho, medronheiro, etc.
É uma floresta com muitas árvores e arbustos de folha larga, onde os animais têm abrigo e alimento. Plantas tenrinhas, castanhas, bolotas, cerejas, mirtilos, amoras, medonhos, e muitos outros frutos, fazem as delicias dos animais herbívoros. Mas precisam estar atentos, não vá um carnívoro aproximar-se e caça-los com rapidez.
É um ambiente natural com rios, ribeiros, lagoas e nascentes de água, onde têm habitat seres vivos aquáticos ou que precisam da água em fases da sua vida.

No final do verão os frutos maduros caem no solo e, mais tarde, caem as folhas das árvores e arbustos (de folha caduca). No outono o solo fica coberto de folhas de árvores, principalmente de carvalho e de castanheiro, onde muito animais procuram castanhas e bolotas que guardam como alimento para o inverno. Imagina um ratinho passeando por baixo das folhas em busca de castanhas e bolotas. Ou um musaranho procurando larvas ou insetos de que se alimenta.
Por baixo destas folhas, os bichos-da-conta, minhocas. lesmas e outros seres, alguns microscópicos, começam o processo de decomposição da folhada que será transformada em húmus. Lembras-te de os ter visto por baixo do mini bosque de carvalhos que temos junto à horta?

Insetos: abelha, borboleta, gafanhoto, libelinha,
Descobre os animais: carnívoros (insetívoros,  piscívoros, necrófagos), os herbívoros (frugívoros, granívoros, ...) e os omnívoros.
Infelizmente os animais estão sujeitos a ameaças. Alterações do habitat que os colocam em perigo.
 Quais os animais que procuram bolotas, castanhas e insetos, por baixo das folhas?
Para os animais é fácil obterem alimento? Como fazem os carnívoros? E os herbívoros?
Gostas de animais? Faz uma pesquisa sobre os que existem em Portugal:
AVES DE PORTUGAL.
ANFÍBIOS DE PORTUGAL
RÉPTEIS DE PORTUGAL
INSETOS DE PORTUGAL




sábado, 24 de fevereiro de 2018

DEFESA CONTRA INCÊNDIOS - cuidados a ter

Retirado aqui
440 incêndios no dia 15 de outubro de 2017!
81% do território encontrava-se em seca severa, com a temperatura acima de 30ºC.
Os incêndios deste dia queimaram grande parte da floresta portuguesa do centro e norte do país. Arderam casas e outros bens de muitas famílias, os seres vivos que lá viviam morreram ou ficaram sem alimento e abrigo e o ar ficou carregado de cinzas (partículas finas), produziu elevada quantidade de dióxido de carbono  e de outros gases que aumentaram o efeito de estufa. Morreram famílias que circulavam de carro em estradas onde  as matas arderam. 
Muita gente morreu e outros perderam a casa onde viviam, carros e outros bens.
Perdeu-se habitat e biodiversidade. Perdeu-se o solo onde muitos animais tinham abrigo.
Ficamos com menos floresta capaz de captar o dióxido de carbono do ar.
Sabemos que incêndios tão terríveis não se devem só ao facto de, nesse dia, estar muito calor  e vento. Na floresta que ardeu predominavam os pinheiros (ricos em resina) e eucaliptos (libertam gases quando há muito calor) e havia muito material combustível  no chão (ramo e arbustos secos) que facilitou a combustão. As chamas, ajudadas pelo vento, avançaram a grande velocidade sobre Braga e sobre outras cidades cercadas de floresta que ficaram carregadas de fumo.
O incêndio não entrou onde havia sobreiros, carvalhos, castanheiros, azevinhos, medronheiros e outras árvores e arbustos da floresta autóctone. Aí, ficou uma floresta verde no meio das cinzas!

Sabemos que a floresta é essencial para:

  •  captar o dióxido de carbono do ar e produzir oxigénio;
  •  proteger a biodiversidade, pois é habitat dos seres vivos selvagens;
  •  nos fornecer materiais como madeira, frutos, etc.

Assim, é urgente repensar a floresta portuguesa, reflorestando com árvores e arbustos que dificultam os incêndios. 
Para já, de modo  a evitar a acumulação de combustível (ramos, lenhas secas, etc) perto de estradas  e de casas, o Decreto-Lei nº 10/2018, relativo a gestão de combustível, obriga a retirar material que arde: a 10 m dos caminhos e estradas e a 50 m das habitações (observa  imagem).

A imagem ajuda a perceber os cuidados a ter em redor das habitações e ao lado das estradas e caminhos.
- telefona para o 112  quando vires um incêndio.
- havendo pessoas intoxicadas pelo fumo, há cuidados a ter.

O que faz falta, na tua opinião, para não dar condições aos incêndios?

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

EFEITO de ESTUFA, AQUECIMENTO GLOBAL e CAMADA DE OZONO

Podes relembrar o que aprendeste...
EFEITO DE ESTUFA
O efeito de estufa é um processo natural, essencial à vida no planeta Terra.
Sabes que, durante o dia, o Sol aquece a Terra. Mas, durante  a noite, como o Sol não atinge a Terra, o normal seria ficar mesmo muito frio. Mas sabes que não é isso que acontece. 
Conforme vez na imagem,  os gases que constituem a atmosfera absorvem parte da radiação solar refletida pela superfície da Terra. Assim, parte desse calor fica na Terra não sendo refletido para o espaço. 
AUMENTO DO EFEITO DE ESTUFA
Mas, com o aumento da poluição à volta do planeta Terra, devida ao excesso de dióxido de carbono e de outros gases (metano, dióxido de azoto, ...) na atmosfera, provocado pelos incêndios florestais, pelas indústrias, pelos automóveis e outras causas, aumenta a espessura da camada gasosa em volta da Terra. Impede a saída do calor para o espaço e causa um aumento da temperatura em volta do planeta. Por isso se diz que aumentou o Efeito de Estufa.
AQUECIMENTO GLOBAL
O aumento do Efeito de Estufa provoca o Aquecimento Global. Diz-se que é global porque a temperatura aumenta em volta de todo o planeta Terra. 
O aquecimento global tem provocado alterações no clima da Terra. As consequências são muitas, tanto nos oceanos e continentes, como na vida animal e vegetal. 
Vê, do lado direito deste blogue, o filme sobre aumento de efeito de estufa e aquecimento global. Consulta a informação sobre efeito de estufa.
CAMADA DE OZONO
Sabes que a atmosfera é a camada gasosa que envolve a Terra e que é constituída por várias camadas que permitem a VIDA neste planeta.
A camada de ozono (à altitude de 14 a 15 km), que existe na Estratosfera, permite a absorção da radiação ultravioleta libertada pelo Sol, impedindo que atinja a Terra. Formou-se ao longo de milhares de anos e começou a ser destruída à medida que  industrialização aumentava. Nos últimos 50 anos, com o aumento da poluição do ar por CFC (um gás usado em sprays, refrigeração de frigoríficos, aparelhos de ar condicionado, espumas), a camada de ozono começou a diminuir e as radiação ultravioleta (UV) do Sol começaram a chegar à Terra e a causar problemas graves:
No organismo humanoqueimaduras solares que provocam cancro de pele. envelhecimento precoce, poucas defesas do organismo, etc.
Nas plantas: alterar o crescimento das plantas e a sua capacidade de produção de oxigénio.
Animais: pode ter efeito em animais marinhos.
No planeta Terra: o aumento da radiação UV sobre a Terra pode agravar o aquecimento global.
O que podemos fazer para evitar o efeito da radiação UV?
- não estar ao Sol entre as 12 e a 16H, quando a radiação UV é mais forte;
- utilizar protetor solar (desde que haja Sol; com proteção mais elevada caso a pessoa tenha pele clara);
- não usar bronzeador;
- usar óculo e chapéu em dias de Sol.
O que fizeram os países para impedir o aumento do EFEITO DE ESTUFA e a redução da CAMADA DE OZONO?
No século XX os cientistas perceberam que a poluição estava a causar problemas graves na Terra e que era preciso os países unirem-se para proteger o ambiente. O mais urgente era reduzir a libertação de dióxido de carbono (CO2) e proibir o uso de CFC.
Em 1987 assinaram o  Protocolo de Montreal (1987) que proibiu o uso do CFC, de modo a impedir o aumento do buraco na Camada de Ozono. desde então o buraco na camada de ozono reduziu, mas espera-se que só fique normal em 2075.
Em 1997, assinaram o Protocolo de Quioto, que teve em vista impedir o aumento do Efeito de Estufa. Esses países comprometeram-se a melhorar os transportes públicos de modo a que as pessoas evitassem o uso do transporte particular e a criar condições para o uso de bicicletas, a aumentar o uso de energias renováveis (energia solar, eólica/vento, das ondas, etc.), a proteger a floresta (que absorve dióxido de carbono e produz oxigénio), etc. 
Estes problemas começam a nível local (quando compramos produtos que usamos no dia a dia e, também, quando os presidentes da câmara toma decisões para a cidade/concelho) e têm consequência globais, pois prejudicam todo o planeta Terra. Lembra-te que o ar que os transporta circula no planeta Terra. 
Onde gostarias de viver?
Numa cidade com vários parques verdes e com muitas árvores? Ou numa cidade sem parques verdes?
Numa cidade com transporte público de qualidade e espaço para as pessoas circularem a pé ou de bicicleta? Ou numa cidade onde o transporte público não dá resposta às necessidades das pessoas, não há pistas para bicicletas e é o carro o meio de transporte mais usado?
Numa cidade poluída ou numa cidade sem poluição?
Podes contribuir para evitar o aumento do Efeito de Estufa e o aquecimento Global? Claro que sim! 
- Vai a pé para a escola ou em transporte público. Evitarás a libertação de gases poluentes pelo automóvel particular.
- Faz a separação de lixo e coloca no ecoponto. Lembra-te que queimar plástico lança gases de efeito de estufa na atmosfera.
Não deites lixo no ambiente.
- Participa em campanhas de plantação de árvores.



segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

QUAIS AS CAUSAS DA POLUIÇÃO DO AR? O QUE PODEMOS FAZER PARA RESOLVER ESTE PROBLEMA?

Diz-se que há poluição do ar quando se verifica alteração da composição com presença de substâncias que prejudicam a nossa saúde, o ambiente, o património e o clima.
Pode ser devida a presenças de gases, líquidos ou partículas sólidas em suspensão (espalhadas), microrganismos  e, também, energia.
A OMS (Organização Mundial de Saúde) divulgou que, em 2012, morreram 7 000 000 (7 milhões) de pessoas no mundo devido à poluição do ar. 
"Até 2030, os países terão de reduzir substancialmente o número de mortes e doenças derivadas da contaminação e poluição do ar, água e solo", diz a OMS.
Será mais poluído o ar interior (dentro de casa, das salas de aula, dos cafés, etc) ou o ar exterior (fora de casa)?
Retirado aqui
Quais são as causas da poluição do ar dentro de casa ou de outro edifícios (ar interior)? 
As principais causas são:
-  o fumo do cigarro; informação.
- os ácaros (imagem do lado);
- as cinzas e outros produtos que resultam da combustão (lareira, fogão);
- os produtos químicos (ambientadores, tintas, vernizes, detergentes, pesticidas, etc.);
- os microrganismos.
Os ácaros são seres muito pequenos que só é possível ver ao microscópio, vivem associados ao pó de nossas casas (nos colchões e roupa de cama, bonecos de pelo e tapetes, etc.) onde se alimentam dos restos de pele do nosso corpo. A melhor forma de os combates é aspirar o pó, arejar a cama, lavar a roupa da cama todas as semanas, colocar almofadas ao sol, lavar bonecos de pelo com frequência. São cuidados que evitam doenças devidas a alergias de pele e respiratórias provocadas pelos ácaros.
Quais são as causas da poluição do ar no exterior? Quais as consequências na nossa saúde? O que podemos fazer para evitar?
Observas imagens e descobre qual a causa da poluição em cada caso:
Imagem 1     Imagem 2      Imagem 3  Imagem 4    Imagem 5  
Em Portugal o ar é de boa qualidade? Onde há problemas? Quais as causas desses problemas?
Compara Portugal com outros países aqui
Em Braga o ar é de qualidade? Onde há problemas? Quais as causas desses problemas?
Há zonas da cidade onde a qualidade do ar tem de melhorar? 
Consulta notícias:  aqui
És curioso/a? Faz a tua pesquisa nos sites indicados.
Retirado aqui
A poluição do ar é um problema local, mas também é um problema global pois tem consequências em todo o planeta Terra: causa chuva ácida, aumenta o efeito de estufa e reduz a camada de ozono (que nos protege das radiações solares prejudiciais).
As imagens mostram o efeito da poluição em várias situações:
Chuvas ácidas: nos monumentos, na floresta
Problemas respiratórios
Aumento do Efeito de Estufa e Aquecimento global
Redução da camada de ozono  
Os países têm feito acordos para contrariar a poluição do ar, pois sabem que estes graves problemas ambientais podem acabar com a vida na Terra. E, para já, causam muitas doenças à população e aos animais e matam plantas.
Como podes contribuir para melhorar a qualidade do ar em Braga?

domingo, 21 de janeiro de 2018

O AR É ESSENCIAL À VIDA

Sabes que o AR, tal como a água, É ESSENCIAL À VIDA.
AR é constituinte da ATMOSFERA, uma camada gasosa que protege o planeta Terra. 
A atmosfera tem várias camadas, com funções diferentes. É na 1ª camada, a Troposfera, onde  vivemos e respiramos. Vai desde o nível da água do mar até cerca de 10 km de altura. É onde se dão alterações do clima, como  a formação das nuvens, a chuva, os relâmpagos e trovoada. É também nesta camada onde voam as aves e  circulam os aviões, e se juntam os poluentes.
Sem atmosfera não haveria vida na Terra.
Retirado aqui

COMO É CONSTITUIDO O AR?
O AR é uma mistura de gases: o AZOTO (78%) e o OXIGÉNIO (21%), em maior quantidade. O 1% que falta é constituído por  árgon, dióxido de carbono e outros gases, como o vapor de água, que varia em função do clima.
Nas aulas práticas vais descobrir as propriedades de cada constituinte do ar.

OXIGÉNIO é essencial para a respiração de animais e plantas. Sem este gás seria impossível a vida na Terra.
AZOTO não tem qualquer influência nos seres vivos.
DIÓXIDO DE CABONO é libertado pelos animais e plantas durante a respiração e utilizado pelas plantas durate um fenómeno que realizam (fotossíntese) e durante o qual libertam oxigénio. 
VAPOR DE ÁGUA forma-se devido à evaporação da água dos oceanos, rios, lagos, etc. Sem vapor de água no ar não se formam nuvens e, como tal, não chove
Recorda  a aula prática... consulta o caderno:
- quais são as propriedades do ar?
- como podemos distinguir os constituintes do ar?

QUAIS AS FUNÇÕES DA ATMOSFERA?
A atmosfera terrestre é importante para a vida na Terra porque:
  • conserva o calor durante  a noite, quando não já não há luz solar; 
  • mantém a temperatura;
  • mantém o vapor de água;
  • filtra a luz solar: não permite que a radiação ultravioleta do sol, que é perigosa, chegue à Terra; 
  • protege de fragmentos de astros que andam soltos no espaço.
COMO ANDA A QUALIDADE DO AR?
Sabes que a atividade humana altera a qualidade do ar:
  • a poluição aumenta a quantidade de dióxido de carbono no ar e causa problemas nos fenômenos que se realizam na atmosfera. 
  • as poeiras, que têm origem variada  (terra, desgaste de materiais, algodão, pólen de flores, etc.), são uma das causas da poluição do ar;
  • os microrganismos que se espalham no ar quando tossimos ou espirramos,  poupem o ar que se encontra mais próximo das pessoas,

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

COMO TRATAMOS A ÁGUA? O que devemos fazer para garantir água de qualidade no futuro?

POUPAR ÁGUA É RESPONSABILIDADE DE TODOS
Como usamos a água?
Precisamos de água para: beber, cozinhar, higiene pessoal e da casa, regar plantas, agricultura, etc.
Mas será que só usamos a água necessária ou estamos a desperdiçar água?
Onde gastas mais água? O que podes fazer para evitar o desperdício de água?
Consulta o texto e a imagem. E verifica aqui os gastos de água em tua casa.
Retirado aqui
Sabia que…
Um duche de 15 minutos, com a torneira aberta, gasta cerca de 180 litros de água.
Se fechar a torneira enquanto se ensaboa e diminuir o tempo do duche para 5 minutos, reduzirá o consumo para 60 litros
Um chuveiro com sistema redutor de caudal pode economizar 80% de água.
NA SANITA:
Em cada descarga de autoclismo gasta cerca de 15 litros de água. Se colocar uma garrafa de 1,5 litros dentro do depósito da água, pode diminuir para 8,5 litros por descarga.
NO LAVATÓRIO:
Uma torneira a pingar de 5 em 5 segundos, durante 24 horas, pode gastar 30 litros de água por dia, o que corresponde a mais de 10.000 litros de água por ano. Se não tiver fugas, reduz para 0 litros

A LAVAR AS MÃOS E FAZER BARBA
Ao lavar as mãos ou os dentes com a torneira aberta, pode gastar cerca de 14 litros de água. Se usar um copo, pode diminuir para apenas 1 litro.
Ao manter a torneira aberta enquanto faz a barba, pode gastar até 40 litros de água. Se colocar uma tampa no lavatório, gastará apenas 2 litros.
A LAVAR O CARRO
Ao lavar o carro com mangueira pode gastar cerca de 500 litros de água. Se lavar com balde e esponja, reduzirá o gasto para 50 litros.

Queres saber mais sobre gastos de água? Verifica aqui.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

ÁGUA: qual a água que podemos beber? onde se encontra?

Recorda o Ciclo da Água.
Todos os dias precisamos de água:
  • para beber - precisamos de 3 L de água por dia (parte dessa água entra no nosso organismo pela sopa, fruta, alimentos cozinhados); mas temos de beber  6 a 8 copos de água potável;
  • para cozinhar;
  • para higiene pessoal e da casa;
  • para regar os campos;
  • para  a indústria;
  • tec.
Mas, para todos esses usos, precisamos de água doce e líquida.
Retirado aqui
SEM ÁGUA DOCE NÃO HÁ VIDA!
É tão pouca a quantidade de água doce disponível que só temos uma solução: não a desperdiçar, seja em casa (quando tomamos banho, lavamos os dentes ou as mãos, lavamos a roupa, etc.) seja nas cidades (onde deve haver jardins, parques verdes e outras nas com terra), seja nos outros usos. Consulta informação sobre o assunto.

A imagem ajuda a perceber o risco que corremos se não cuidarmos da agua doce.


Mas nem toda a água doce se pode beber. A água doce pode ter produtos químicos, microrganismos causadores de doença e muitas outras substâncias perigosas para a nossa saúde.
Por isso mesmo só podemos beber água doce POTÁVEL. É a água doce que foi analisada e, como tal,  há garantia de que é segura.
ONDE TEMOS ÁGUA POTÁVEL?
  • A água da torneira, que vem da Estação de Tratamentos de Água (ETA), é retirada do rio Cávado e controlada muitas vezes por dia antes de entrar na canalização que a leva a nossas casas. É água potável e oferece segurança.
  • a água que sai dos fontanários, quando é analisada com frequência, também nos dá garantia de ser potável,  desde que tenha uma placa a dizer ÁGUA POTÁVEL.
  • a água engarrafada também é analisada e oferece condições de segurança.
  • a água de poços, desde que seja analisada, e se confirme que é segura.
Sem a análise da água não é possível saber se a água dos fontanários e a água dos poços é potável. Lembra-te sempre disso.
Mas, se a água de um fontanário não for analisada, a junta de freguesia tem de colocar uma tabuleta a dizer ÁGUA NÃO CONTROLADA
E se a água foi analisada, e não estava em condições, a tabuleta deve dizer ÁGUA IMPRÓPRIA PARA CONSUMO HUMANO.
NÃO ARRISQUES! Só podes beber água se for analisada e desde que haja  certeza que não tem produtos químicos, microrganismos ou outras problemas.